publicado por Gajo.de.botas | Terça-feira, 05 Abril , 2011, 22:39

Custa-me tanto, mas tanto dar apoio a outra quando essa realmente precisa, estando eu algo desapontado com ela...

Parecer que estou constantemente a ser passado para 2º, 3º, 4º plano não é algo bom de se sentir, principalmente quando é de uma pessoa sobre a qual nós nunca pensariamos que isso viria a acontecer.

De tudo isto tiro uma lição de vida, não importa o tão bem que estamos com alguém num certo momento, porque depois, passado algum tempo depois (quer seja ele muito ou pouco) acontecerá algo que infelizmente nos desiluda.

 

Custa tentar ajudar alguém quando não estamos bem com essa pessoa, mas também custa imenso não ajudar, visto que apesar de tudo gostamos imenso dela e não queremos que mal nenhum lhe aconteça.

 

Enfim


in-perfeita a 6 de Abril de 2011 às 02:16
Perdoa a invasão do teu espaço. Temos amigas comuns.
Eu penso que apesar de todas as condicionantes que apresentas e são válidas, não deves negar a tua ajuda a quem precisa, mesmo que tenhas deixado de ser a opção dessa pessoa e ter sido passado para outro plano.
Hoje foi essa pessoa que te desiludiu, amanhã podes ser tu a desiludir num acto impensado.
Ficarás por certo bem contigo mesmo, se ajudares. Ficarás mais feliz se essa ajuda for boa e útil para a pessoa.
É o que custa, o que dá trabalho que tem valor.
Pronto. Creio que já te dei uma ajuda na decisão.Força.

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
subscrever feeds