publicado por Gajo.de.botas | Terça-feira, 05 Abril , 2011, 22:39

Custa-me tanto, mas tanto dar apoio a outra quando essa realmente precisa, estando eu algo desapontado com ela...

Parecer que estou constantemente a ser passado para 2º, 3º, 4º plano não é algo bom de se sentir, principalmente quando é de uma pessoa sobre a qual nós nunca pensariamos que isso viria a acontecer.

De tudo isto tiro uma lição de vida, não importa o tão bem que estamos com alguém num certo momento, porque depois, passado algum tempo depois (quer seja ele muito ou pouco) acontecerá algo que infelizmente nos desiluda.

 

Custa tentar ajudar alguém quando não estamos bem com essa pessoa, mas também custa imenso não ajudar, visto que apesar de tudo gostamos imenso dela e não queremos que mal nenhum lhe aconteça.

 

Enfim


Gajo.de.botas a 6 de Abril de 2011 às 17:45
Não tem mal, toda a visita aqui é bem vinda :)

Mas sim, mesmo que eu não quisesse ajudar, não o conseguiria fazer, porque existem sentimentos que por vezes são demasiado fortes.
O que às vezes me custa é às vezes parecer que as pessoas só se lembrarem de mim quando precisam, isso é que me custa e dá pena. E deixa-me bastante confuso pois quando decido afastar-me a pessoa vem atrás de mim. Mas ajudar, pronto, apesar mesmo de tudo ajudo, não consigo estar parado sem fazer nada, não faz o meu género.

Mas enfim, é a vida, mas ainda assim o teu comentário ajuda a incentivar a ajudar mais (apesar de tudo) :)

mais sobre mim
Abril 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
28
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO